Seja mãe, seja egoísta.

Se eu pudesse dar um único conselho as mães que estão no divã, ele certamente seria “Seja Egoísta”. Pelo menos um pouco, pelo menos uma vez ao dia.
Quando o bebê nasce, esquecemos imediatamente da pessoa mais importante para o bebê, nós mesmas.Essa atitude, apesar de parecer a opção correta e a que mundo espera da gente, é bastante imprudente. Imprudente porque a saúde do seu bebê depende diretamente da nossa.
Ele depende de nós e como poderá apoiar-se se estivermos caindo aos pedaços?!
Precisamos sermos fortes, mas jamais conseguiremos isso se não formos pelo menos um pouquinho egoísta em nosso dia a dia.
Não abra mão de todos os seus planos, de todos os seus sonhos. Não se esqueça, não se deixe de lado. Você é a peça fundamental na vida do seu bebê e muito provavelmente a pessoa que ele mais ama e confia. Amá-lo, também significa cuidar do que ele mais ama. Você.
Separe um tempo para fazer as unhas. Pode parecer besteira, mas muitas vezes me senti melhor, mais bonita, mais cuidada, simplesmente por ter feito as unhas. Um pequeno gesto de carinho comigo mesma. Um pequeno momento de atenção ao meu corpo. Faça dieta, coma direito. Não para emagrecer, mas para não ficar doente. Lembre-se de você e estará cuidando do seu bebê.
Crie tempo. Você nunca encontrará tempo para nada. Se precisar de tempo, terá que criá-lo; disse Charles Buxton.
Sei o quanto isso parece impossível no universo da maternidade, mas você já vai dormir pouco de qualquer maneira; talvez valha a pena abrir mão de 30 minutinhos a mais no seu dia para fazer algo que você goste.
Talvez você tenha que começar devagar para não se sentir culpada. Aproveite aqueles 3 minutinhos que consegue inventar em paz no banheiro – sem culpa.
Entenda que isso também é uma forma de amar o seu bebê. Ele é você e você é ele.
Estejam integrados nesse cuidado. Busquem o equilíbrio.
Converse com o seu parceiro, chore. Mostre como está sendo difícil porque talvez ele não entenda, talvez ele não consiga ver.
Se não tiver ninguém para chorar, chore no chuveiro. Lave sua alma.
Chore com o seu bebê, explique para ele que você está dando o seu máximo e que ama ele acima de tudo. Peça desculpas caso você sinta que não esteja sendo o suficiente. Diga para ele que amanhã você vai tentar de novo. Que nunca vai desistir. E nunca desista. Porque o sucesso é constituído de 99% de fracasso. E quem disse isso foi nada menos que o fundador da Honda.
E depois que fizer tudo isso, faça suas unhas. Talvez você tenha que fazer de madrugada, tenha que acordar antes do que o seu bebê. Mas vai valer a pena. Pessoas felizes dormem menos.
Acorde mais cedo e escolha a roupa que você vai colocar, se arrume. Aposto que você não faz isso a muito tempo.
Faça o teste. Comece aos poucos. Leia uma página de um livro, assista um episódio da sua série favorita. Dê um passo de cada vez em direção ao seu reencontro. Passos pequenos mas que vão em frente sempre. Ilumine o caminho para você mesma para que o seu filho sempre te encontre, sempre tenha fácil acesso. Ele vai precisar muito e sempre de você. Ele vai percorrer o caminho até você inúmeras vezes na vida dele. Deixe esse caminho iluminado, bonito, para que ele sempre saiba chegar, para que ele sempre saiba que foi e é muito bem vindo. Cuidar de você é cuidar dele, não se esqueça. Te deixar segura é garantir a segurança dele.
Então seja egoísta de verdade, diga “Esses 30 preciosos minutos de sono eu vou abrir mão para estar comigo, pelo meu filho”. E se for preciso, se tranque no banheiro.

Um comentário sobre “Seja mãe, seja egoísta.

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s